Simule o custo da prenhez na IATF

por Renato Girotto 16.165 views0

prenhez em IATF

Estudos apontam que, para atender à crescente demanda mundial por proteína animal, a reposição dos rebanhos atuais demandará de três a quatro anos. Neste cenário, o uso da IATF (Inseminação Artificial em Tempo Fixo) é uma estratégia interessante. Mas quem quer aproveitar este momento positivo do agronegócio precisa conhecer esta técnica, e saber calcular o custo da prenhez.

Com a IATF, é possível produzir bezerros em maior quantidade e com mais peso. Em média, pode-se atingir valores de até uma arroba a mais e, assim, faturar com a valorização no comércio mundial de carnes.

A IATF proporciona a redução dos manejos e otimização da mão de obra. E, também, a concentração dos nascimentos e desmames nas melhores épocas do ano, animais com maior ganho de peso e consequente redução do tempo para o abate.

Entretanto, alguns produtores ainda questionam o uso do método – existe um entendimento que o bezerro originado via IATF geralmente custa mais. As respostas para este dilema são simples:

* Maior peso a desmama: em média esse bezerro pesa uma arroba a mais;

* Antecipação das parições: em média consegue-se uma antecipação de 30 dias, o que representa o mesmo período a menos de custo de vaca;

* Maior taxa de prenhez final: por meio das prenheses oriundas da IATF e mais o efeito de estimular a ciclicidade de todo o restante das fêmeas tratadas, é possível conseguir taxas de prenhez maiores em propriedades onde se utiliza a técnica, podendo ser superiores a 8% a 10%.

Calcular o custo da prenhez em seu rebanho é simples. Para isso, basta usar o nosso simulador online. A planilha que desenvolvemos é interativa, e você pode trocar os valores que estão no arquivo pelos quais desejar. Depois, basta acompanhar no gráfico os resultados e, assim, mensurar os valores que precisa saber.

Receba nossos conteúdos

Assine a lista e receba conteúdos exclusivos do portal

Obrigado! Sua assinatura foi confirmada com sucesso!

Gostou do artigo? Deixe seus comentários abaixo

comentários

Share This