Efeito da suplementação de cromo em bovinos sob estresse

por Redação Portal IATF 2.098 views0

gado

Com a preocupação cada dia mais crescente de melhorar a qualidade do bovino, a busca de resultados cada vez mais efetivos para fatores como o melhoramento genético, de fertilidade, da saúde, de longevidade e ainda de produtividade, faz com que cada vez mais especialistas busquem métodos mais eficientes para alcance desses objetivos.

A eficiência do mineral Cromo

Recentemente estudos apontaram a eficácia da utilização do mineral Cromo (Cr) na suplementação da alimentação dos bovinos. Índices provam a efetividade do mineral no controle da tolerância à glicose (FGT) e antiestresse para este tipo de animal.

O Cromo faz com que a haja um melhor aproveitamento da glicose e insulina na célula do boi.

Já no caso dos benefícios que o cromo pode trazer como fator antiestresse, é dado pela diminuição dos efeitos do estresse no organismo do mesmo. Essa diminuição dos efeitos é altamente importante pois deste modo, evita que a imunidade seja afetada durante o período de estresse do animal, reduzindo as chances de aparecimento de doenças devido a diminuição das defesas celular.

A complementação com o mineral

O cromo é encontrado nos farelo, grãos e forragens de modo natural, porém, sua dosagem é muito pequena e não atende as necessidades nutricionais de alguns animais em variadas situações como, por exemplo, em fase de lactação, castração, mudança de ambientes e ainda de animais em confinamento, onde nesses casos estão como o metabolismo aumentado e desse modo não incidem em melhorias.

Assim a complementação de cromo se faz necessário na forma de levedura, ou seja, adicionada para “fermentar” a alimentação dos mesmos.

Este tipo de complementação tem um melhor resultado se inserido na alimentação orgânica, uma vez que desta forma, o nutriente é melhor absorvido em cerca de 80% de sua composição.

Receba nossos conteúdos

Assine a lista e receba conteúdos exclusivos do portal

Obrigado! Sua assinatura foi confirmada com sucesso!

Gostou do artigo? Deixe seus comentários abaixo

comentários

Share This